NOTÍCIAS

Inovação 09:26, 17 fev 2017 Estudantes baianos são selecionados para maior feira de Ciência e Engenharia do Brasil

Foto:

Seis projetos desenvolvidos por estudantes da rede estadual de ensino serão apresentados na 15ª edição da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), durante os dias 20 e 27 de março de 2017, na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP). Os projetos, selecionados pela relevância e alcance social, foram desenvolvidos em sala de aula, no âmbito do Projeto Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

A FEBRACE é considerada a maior feira de Ciências e Engenharia do país e tem o objetivo de incentivar ideias inovadoras e de relevância social produzidas por jovens cientistas da Educação Básica. Entre os projetos da rede estadual de ensino classificados para a FEBRACE 2017, está “Toxicidade de plantas medicinais em larvas do mosquito Aedes Aegypti”, das estudantes Cristiana Aparecida Couto e Noemy de Souza Queiroz, do Colégio Estadual Geovania Nogueira Nunes, no município de Itatim (235 km de Salvador).

“Participar da FEBRACE 2017 é muito gratificante, porque vamos poder apresentar o nosso trabalho em uma feira muito importante e representar nosso Estado nacionalmente. Além disso, poderemos conhecer projetos de jovens cientistas de todo o Brasil”, declara Cristiana Couto, 16 anos. Já a professora e orientadora Karine Najla destaca a importância do trabalho. “Foi uma descoberta muito importante para as estudantes e uma esperança para o extermínio desse mosquito que tem causado tanto transtorno para a população da nossa cidade”, afirma.

Outra inovação desenvolvida pelos estudantes classificados para a FEBRACE foi o “Voice Amplifier: Amplificador de voz de baixo custo, para professores da rede pública de ensino”, das alunas Ilana Macêdo de Jesus e Laíce Araújo Lopes, do Colégio Estadual Cesar Borges, em Valente, localizado no Nordeste Baiano (a 265 km de Salvador). A ideia foi produzir, a partir de sucatas de diversos aparelhos eletrônicos, um sistema de transmissão da voz.

“Fiquei contente com a classificação para uma feira com a dimensão da FEBRACE 2017. Já estudamos formas de melhorar o projeto para apresentar o modelo melhorado na feira e na sala de aula. Também quero aproveitar esta oportunidade para visitar estandes, bem como saber o que os estudantes de outros estados estão criando e inovando”, conta Ilana Macedo de Jesus, 16 anos.

Ações 
O Projeto Ciência na Escola, além de promover atividades durante todo o ano nas escolas da rede estadual, realiza a Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia (FECIBA). Na 6ª edição, que contará com 160 projetos, a novidade é que serão apresentadas temáticas de inovação e tecnologia, graças à inserção de projetos de intervenção social, de baixo custo e que beneficiam a sociedade. A feira visa promover o protagonismo de estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio da rede estadual, dinamizando o ambiente escolar a partir do estudo das Ciências em sala de aula.    

Confira a lista dos projetos selecionados para a FEBRACE 2017:

- “A propriedade larvicida do óleo essencial da erva cidreira brasileira” - Colégio Estadual Rolando Laranjeira Barbosa – Santa Maria da Vitória. Estudantes: Julia Ataide Fagundes e Sandy Evans Miranda Marques. Orientadora: Sílvia Oliveira de Araújo Silva.

- “Análise físico-química e sensorial da farinha de aipo: uma nova alternativa alimentar para os celíacos” - Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira – Ilhéus. Estudantes: Ailana Kely Farias de Souza e Rayanne Benevides Santos. Orientadora: Margarete Correia de Araújo e coorientadora: Maria Iracy Franca Lacerda Sousa.

- “Biomassa de banana verde como fonte alternativa de alimentação – II Fase” -Centro Territorial de Educação Profissional da Bacia do Rio Grande – Barreiras. Estudante: Tailan Silva de Melo. Orientadora: Luíza Idiane de Sousa Dias e coorientador: Rodrigo Arlindo Porto Wanderley Moreno.

- “O uso de agrotóxicos na agricultura familiar miguelense: uma relação entre PBIC e escola” - Colégio Estadual Aldemiro Vilas Boas – São Miguel das Matas. Estudantes: Cristiana Aparecida Nogueira Couto e Noemy de Souza Queiroz. Orientadora: Karine Najla Souza de Jesus.

- “Toxicidade de plantas medicinais em larvas do mosquito Aedes Aegypti” - Colégio Estadual Geovania Nogueira Nunes – Itatim. Estudantes: Ilana Macêdo de Jesus e Laíce Araújo Lopes. Orientadora: Cristiane Maria de Freitas Ribeiro  e coorientador: Glaibson Santos Oliveira.

- “Voice Amplifier: Amplificador de voz de baixo custo, para professor da rede pública de ensino” - Colégio Estadual César Borges – Valente. Estudantes: Jade Aisline Sousa dos Santos e Leandro Andrade Santos. Orientador: Alaércio Moura Peixoto de Jesus e coorientador: Floricéa Magalhães Araújo.


Tags: Bahia Estudantes BA Portal da Educação Ciências febrace Inovação