Estudantes recebem medalhas na OBFEP

Oito estudantes de escolas da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) do Rio de Janeiro receberam medalhas de ouro, prata e bronze da Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (OBFEP). Entre os alunos premiados, seis são de unidades de ensino localizadas no município de Valença, Região Centro-Sul; um de Niterói, Região Metropolitana; e um de Cachoeiras de Macacu, na Região Serrana.

O Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, em Valença, recebeu sete medalhas, sendo duas de ouro, três de prata e duas de bronze. Cinco alunos foram premiados nas etapas nacional e estadual. O C.E. Sol Nascente, em Cachoeiras de Macacu, obteve duas medalhas de ouro. Já os colégios estaduais Doutor Guilherme Milward, também de Valença, e Matemático Joaquim Gomes de Sousa – Intercultural Brasil-China, em Niterói, conquistaram uma medalha de ouro cada.

A aluna Iris Bastos Silva, da 1ª série do Ensino Médio do C.E Arnor Silvestre Vieira, participou da OBFEP pela primeira vez e ganhou medalha de ouro na etapa estadual. Ela disse que não esperava ganhar e que ficou orgulhosa e feliz com o resultado. Na 1ª série do Ensino Médio, no C.E. Estadual Matemático Joaquim Gomes de Sousa - Intercultural Brasil-China, André Franco Siqueira Santos comentou que participar da OBFEP foi uma experiência nova e que a escola e os professores foram importantes nesse processo, pois incentivaram a participação dos alunos.

– As vitórias dos alunos representam a valorização do ensino público e do estudo da Física. Além disso, contribui para a melhoria do aprendizado na escola e, ainda, revela diversos talentos – destaca o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.

A Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas visa a valorização da escola pública, a melhoria do ensino e estudo das ciências, além de fomentar a integração entre escola e comunidade e possibilitar ao estudante uma forma de avaliar sua aptidão e seu interesse pela Ciência e pela Física.

A OBFEP se insere no conjunto de ações que buscam o sucesso e a permanência do estudante na escola e o desenvolvimento de práticas educativas que envolvam o maior número possível de alunos. A iniciativa é uma promoção do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e constitui um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física (SBF), responsável pela sua organização.

Confira os medalhistas da rede estadual de ensino

Medalhas de ouro

André Franco Siqueira Santos - Colégio Estadual Matemático Joaquim Gomes de Sousa - Intercultural Brasil-China, Niterói

André Felipe Lopes Paiva Esteves - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença

Iris Bastos Silva - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença

Marcos Willi Reis Campos - Colégio Estadual Sol Nascente, Cachoeiras de Macacu

Bruno Moreira Campbell - Colégio Estadual Doutor Guilherme Milward, Valença

Medalhas de prata

Julia Arieira de Paula - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença

Luana de Souza Silva - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença

Heloisa Maia Clementino - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença

Medalhas de bronze

Julia Arieira de Paula - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença

André Felipe Lopes Paiva Esteves - Colégio Estadual Arnor Silvestre Vieira, Valença


  • Oito alunos da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) foram premiados

    Fonte: Marcia Costa