09:26, 15 mai 2017
Prêmio Gestão Escolar

Secretária do Tocantins participa do lançamento do Prêmio Gestão Escolar e destaca sua importância

Foto:

Ascom Seduc / Governo do Tocantins


A secretária Estadual de Educação, Juventude e Esportes, professora Wanessa Zavarese Sechim participou nesta sexta-feira, 12, da cerimônia de lançamento do Prêmio de Gestão Escolar (PGE), promovido pelo Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). O projeto conta com apoio do Ministério da Educação, da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e de instituições do terceiro setor. O PGE contempla projetos inovadores e gestões competentes nas escolas públicas regulares de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. O objetivo é estimular melhorias na gestão escolar. 

Durante a abertura do evento, a professora Wanessa e o secretário de Educação do Acre, Marco Brandão, coordenadores do PGE 2017 apresentaram aos participantes o edital de participação. A gestora tocantinense enfatizou que o prêmio é uma oportunidade oferecida pelo Consed a todas as escolas brasileiras adotarem a cultura da autoavaliação, que a entidade prima como fundamental. “É lá que estão os alunos e professores, onde acontece o processo ensino aprendizagem. O diretor escolar muitas vezes é um professor, uma pessoa comum,  um profissional da educação, mas com comprometimento extraordinário com a educação, e o Prêmio é uma oportunidade que o Consed oferece para todas as escolas brasileiras que possam se enquadrar em seus critérios”, salientou. 

“Nós sabemos os desafios da gestão escolar, na esfera administrativa, financeira, e sobretudo,  pedagógica, mas com este prêmio, o Consed mostra que acredita que é na escola que a aprendizagem acontece”, pontuou salientando a presença dos 27 diretores escolares vencedores da última edição no lançamento desta sexta. Também enfatizou a presença dos  coordenadores estaduais e municipais que são os responsáveis pela disseminação do Prêmio. “Este Prêmio só existe porque o Consed possui parceiros sérios e comprometidos, que acreditam na educação pública brasileira”, completou. 

Inscrições 

As inscrições foram abertas nesta sexta-feira, 12, e seguem até o dia 14 de agosto de 2017. As escolas podem inscrever-se no concurso pelo site: www.premiogestaoescolar.org.br. 

Com a inscrição efetuada, os gestores com o apoio dos coordenadores estaduais formarão grupos de trabalho responsáveis pela autoavaliação da unidade. O sistema traz um protocolo com questionamentos sobre cinco dimensões: gestão pedagógica, gestão participativa, gestão de serviços e recursos, gestão de resultados e gestão de pessoas. Baseado nas respostas e justificativas, o grupo elabora um plano de melhoria tendo como meta a aprendizagem dos alunos e, recursos que a escola possui para alcançar as metas. 

Etapas 

Dividida em três etapas, os projetos regionais serão selecionados para disputar a etapa estadual, e destes uma escola é escolhida para representar o Estado na categoria nacional. Na categoria nacional, além da apresentação do projeto, é realizada com o gestor da unidade uma entrevista. Participam escolas públicas da rede estadual e municipal de todo o País. 

Além de orientar no desenvolvimento do trabalho, os coordenadores têm a função de mobilizar e incentivar as unidades a envolver a comunidade para participar do prêmio e principalmente na elaboração do diagnóstico da realidade escolar. A apresentação do Prêmio, critérios de seleção, e etapas do processo foram apresentadas pela coordenadora pedagógica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Beatriz Cortese. 

Premiação 

As escolas selecionadas nas categorias regionais, estaduais receberão diplomas de escolas destaques nas respectivas modalidades. Além de viagens, a escola vencedora recebe uma premiação de R$ 30 mil. Beatriz Cortese ressaltou que a idéia do prêmio é que todas as unidades se autoavaliem. “Mais importante do que a premiação é o desenvolvimento de todos. Hoje contamos com aproximadamente dez mil inscritos por ano, destes 27 são selecionados e premiados, mas sabemos que o Prêmio de Gestão é um incentivo, uma vez que ao inscreverem e desenvolverem o projeto já é uma grande conquista”. 

Criado pelo Consed em 1998 o prêmio, é realizado bianualmente e, construiu metodologia própria de mobilização, desenvolveu critérios de seleção e indicadores de boas práticas de gestão, com critérios e dimensões bem definidas, observando os diferentes aspectos que podem favorecer a aprendizagem efetiva dos estudantes. 

Tocantins 

Para incentivar o processo de socialização das boas práticas de gestão, no Tocantins as 518 unidades públicas da rede estadual realizam bianualmente o processo de autoavaliação e participam do Prêmio Escola Comunitária de Gestão Compartilhada. A seleção segue os mesmos critérios do Prêmio Gestão Escolar, em que são selecionadas 13 escolas que recebem prêmios e o título de Escola Destaque Estadual. Destas, uma é selecionada para concorrer ao Prêmio Nacional. 

Representantes 

Participaram do lançamento secretários de Educação de todos os estados da Federação e coordenadores estaduais.  Representaram o Tocantins no evento a secretária Wanessa Zavarese Sechim, a superintendente de Desenvolvimento da Educação, Jucylene Borba, a coordenadora estadual do PGE, Rosalice de Carvalho Rosa, a diretora do Centro de Ensino Médio Bom Jesus, de Gurupi, escola referência estadual em gestão de 2015, Lêda Maria Tomazzi, e a secretária executiva da Undime, Maria Solange Rodrigues. 

Compartilhar

Outras Notícias