NOTÍCIAS

Segurança Escolar 12:57, 28 abr 2017 Plano de segurança escolar é lançado no Pará

A Polícia Militar do Pará e a comunidade montaram um Plano de Segurança Escolar, lançado em uma cerimônia realizada no dia 10 de abril, na Escola Estadual Hilda Vieira. A elaboração do plano exigiu um trabalho de sensibilização da comunidade, realizado em janeiro, com professores, alunos e em fevereiro com os pais e demais membros da comunidade escolar. Alunos, pais e professores, além de convidados, representantes da Cipoe e direção da escola anunciaram medidas que serão executadas para melhorar a segurança nas escolas. A Escola Hilda Vieira, que já foi alvo de assaltantes, mantém 1.400 alunos, nos três turnos, e está reformulando o Conselho Escolar, segundo Geovana Paiva Diretora da Escola Hilda Vieira. O major Jorge Aragão explicou que o plano de segurança é resultado do trabalho de policiais capacitados no Policiamento Escolar, em conjunto com a comunidade.
Foto: Portal Seduc

A Polícia Militar e a comunidade montaram um Plano de Segurança Escolar, lançado em uma cerimônia realizada dia 10 de abril, na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Hilda Vieira, localizada no bairro da Marambaia, em Belém. Na presença de alunos, pais e professores, além de convidados, representantes da Companhia Independente de Policiamento Escolar (Cipoe) e da direção da escola anunciaram medidas que serão executadas para melhorar a segurança no ambiente escolar.

Segundo o comandante da Cipoe, major Jorge Aragão, o plano foi elaborado com a participação dos professores, da direção, de representantes de alunos e dos pais, além de integrantes da Polícia Militar. Durante o lançamento do plano houve a assinatura de um termo de compromisso, pela diretora da escola e pelo comandante da Cipoe, e também pelo sargento Carlos Silva, membro da guarnição que faz constantes rondas no entorno da escola.

O major Jorge Aragão explicou que o plano de segurança é resultado do trabalho de policiais capacitados no Policiamento Comunitário Escolar, em conjunto com a comunidade, e segue etapas de planejamento, desenvolvimento, checagem e avaliação.

A Escola Hilda Vieira, que já foi alvo de assaltantes, mantém 1.400 alunos, nos três turnos, e está reformulando o Conselho Escolar. A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) participa das ações por meio da Coordenaria e Ações Educacionais Complementares (Caec).

As ações serão executadas conforme o cronograma estabelecido e avaliadas em reuniões mensais. Integrantes do policiamento escolar farão visitas para checar a situação na escola, verificar o nível de desenvolvimento das ações pelos policiais e subsidiar o trabalho da Cipoe.

Identificação - Ao fazer o diagnóstico da instituição para aumentar a segurança, a Cipoe constatou vários problemas, como a falta da carteira de identificação dos alunos. A direção da escola informou que já mandou confeccionar as carteiras, e dentro de 15 dias os alunos só poderão entrar no estabelecimento escolar mediante apresentação do documento.

A elaboração do plano exigiu um trabalho de sensibilização da comunidade, realizado em dois momentos: em janeiro, com professores e alunos, e em fevereiro com os pais, alunos e demais membros da comunidade. No primeiro encontro, os policiais da Cipoe demonstraram a necessidade da união de toda a comunidade escolar para a construção de um plano de segurança eficiente, desde o agente de portaria ao diretor.

Também participaram da solenidade de lançamento do plano a representante do Ministério Público, Sílvia Miléo, e o deputado estadual Coronel Neil.


Texto:Rose Barbosa

Fotos:Eliseu Dias


Tags: Pará PA Educação de Qualidade Segurança Escolar Educação Escolar