16:19, 22 mai 2017
Consed

Ceará recebe seminário internacional sobre a importância das competências socioemocionais na educação

Foto:

Evento terá parceria entre Secretaria da Educação, Instituto Ayrton Senna, Instituto Aliança e Banco Interamericano de Desenvolvimento, e reunirá pesquisadores, gestores e educadores

O que são competências socioemocionais e qual a importância delas na educação? Quais possuem maior impacto na aprendizagem e no sucesso dos alunos? Como educadores e gestores podem incorporar essas competências no currículo? Essas e outras questões serão discutidas no Seminário Internacional Competências para a Vida: Onde Estamos e Onde Queremos Chegar?, que será realizado em Fortaleza nos dias 23 e 24 de maio, no Hotel Praia Centro. O evento terá a parceria entre Secretaria da Educação do Ceará, Instituto Ayrton Senna, Instituto Aliança e Banco Interamericano de Desenvolvimento.


As chamadas habilidades para vida, e que incluem as socioemocionais, se referem a competências como colaboração e persistência, entre diversas outras. Alguns estudos já revelaram seu impacto não apenas na aprendizagem e no clima escolar, mas também no sucesso futuro e bem-estar dos estudantes. No Brasil, já existem iniciativas na rede pública focadas no desenvolvimento dessas competências, com resultados exitosos. Devido à sua relevância, o tema foi inserido na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), hoje em análise no Conselho Nacional da Educação (CNE), e que tem como objetivo estabelecer os conhecimentos e habilidades essenciais que todos os estudantes brasileiros deverão aprender ao longo da educação básica.


O evento deverá reunir cerca de 400 convidados, entre pesquisadores internacionais e brasileiros, gestores públicos e educadores. O objetivo do encontro será discutir de que forma o desenvolvimento das competências socioemocionais e demais habilidades para a vida pode ser incorporado nas escolas que buscam oferecer a educação integral e, assim, garantir uma formação plena de crianças e jovens, compatível com as necessidades do século 21.
O evento terá a presença do secretário da Educação doestado do Ceará, Idilvan Alencar. Também estarão presentes os secretários da Educação dos estados de Pernambuco e do Espírito Santo, Frederico Amâncio e Haroldo Rocha, respectivamente. Entre os especialistas estarão Ricardo Paes de Barros (Instituto Ayrton Senna/Insper), Filip De Fruyt (eduLab21 - Instituto Ayrton Senna/Universidade de Ghent), Oliver John (edulab21 - Instituto Ayrton Senna/Universidade da California, Berkeley), Daniel Santos (eduLab21 - Instituto Ayrton Senna/Universidade de São Paulo), Enrique Chaux (Universidade dos Andes) e João Marcelo Borges (Banco Interamericano de Desenvolvimento).
A agenda do encontro será dividida em três diferentes perspectivas, ao longo dos dois dias de programação: a dos pesquisadores, dos implementadores e dos decisores. No primeiro bloco, “O que dizem os pesquisadores?”, os especialistas apresentarão evidências científicas que mostram a importância dessas habilidades na escola e na vida dos estudantes, além de propostas de organização conceitual desse campo e possíveis caminhos para as escolas promoverem esse tipo de desenvolvimento.

Já no segundo bloco, “O que dizem os implementadores?”, serão abordados os principais resultados e aprendizados relativos a programas já adotados no país e que visam ao desenvolvimento socioemocional, como as experiências do Ceará, de São Paulo e do Rio de Janeiro. Por fim, no terceiro bloco, “O que dizem os decisores?”, secretários da Educação irão debater as oportunidades e os desafios para a implementação de inciativas para o desenvolvimento dessas competências em larga escala, nas redes de ensino e em diferentes modelos de escola, de forma a articular essas ações com políticas educacionais.

Sobre os organizadores

A Secretaria da Educação do Ceará possui um acordo de cooperação técnica com o Banco Interamericano de Desenvolvimento e o Instituto Aliança, que tem aporte e experiência em implementar programas de desenvolvimento de competências socioemocionais nas escolas de ensino médio (regulares e de ensino técnico), e conta com iniciativas locais chamadas de “Núcleo de Trabalho, Pesquisa e Práticas sociais (NTPPS)”, “Projeto de Vida e Mundo do Trabalho nas Escolas Profissionais” e “Com.Domínio Digital (CDD)”. O BID tem trabalhado em parceria com a Secretaria da Educação do Ceará desde 1997, quando financiou a implantação de escolas de Ensino Profissional por meio de seu Programa de Expansão da Educação Profissional (PROEP) e atualmente apoia projetos de desenvolvimento de competências socioemocionais nos estados do Amazonas, Pará e Santa Catarina, além dos municípios de Florianópolis e Porto Alegre, além de outros países na América Latina e no Caribe.

Desde 1997, o Instituto Ayrton Senna trabalha em cooperação com a Secretaria da Educação do Ceará, inicialmente em projetos de alfabetização (Se Liga), depois com um trabalho inovador que implementou uma política de monitoramento de indicadores de gestão e eficiência (Gestão Nota 10, entre 2001 e 2004). Neste seminário, será divulgado um novo modelo de parceria entre as duas instituições, envolvendo também o desenvolvimento de competências socioemocionais na rede pública de ensino.


Tags Consed Portal
Compartilhar

Outras Notícias